Você conhece a teoria de que a Pedra do Elefante teria servido de inspiração para “O Pequeno Príncipe”?

Aberta para visitação em 2016, a casa histórica La Grande Vallée, localizada em Itaipava, é reconhecida por ter sido refúgio de pilotos franceses da Aéropostale: primeira companhia a distribuir cartas da Europa para a América do Sul. A história que se conta é a de que, entre escalas, o grupo deixava de se dirigir ao alojamento em Campo dos Afonsos, no Rio de Janeiro, e recorria à referida casa para descansar. Entre os pilotos estava o escritor Antoine de Saint-Exupéry, daí alguns a chamarem de a ‘Casa do Pequeno Príncipe’.

Conta o proprietário da casa, o simpático José Augusto Wanderley, que existe uma teoria de que a Pedra do Taquaril (Pedra do Elefante) pode ter servido de inspiração para Saint-Exupéry na criação do clássico desenho da jiboia digerindo um elefante – aquele que, para as “pessoas grandes” do livro, mais retratava um chapéu. Confesso que fiquei com uma pulga atrás da orelha com essa coincidência! O que acham? Seria só uma coincidência ou fonte de inspiração na criação do clássico da literatura?

Foto: Reprodução/movimentoculturalgaia.wordpress.com

É possível agendar uma visita à La Grande Vallée pelo telefone (24) 2222-1388.

*Créditos da foto de capa: Reprodução/Anderson Medeiros Menengarde via Wikiloc

Carolina Freitas

Jornalista e escritora, Carolina Freitas se dedica ao resgate e à valorização da memória petropolitana a partir da produção de reportagens e curtas-metragens sobre a história, o comércio, e a vida da cidade.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.