Avenida XV de Novembro

Tag: Avenida XV de Novembro

Casa Ideal: a cada gesto uma lembrança

Relativo ao que só existe em pensamento, o termo ideal está, normalmente, associado ao que há de superior. Preocupada não em onde chegar, e sim em como caminhar até lá, mais até do que sinônimo de superlativo, a Casa Ideal se destacou pelos ideais que defendeu, sendo a igualdade, talvez, o principal deles.

Leia Mais →

A Combatente: líder na prática da boa convivência

Entre os limites da loja, de conflito só havia o nome! Especializada na venda de materiais de construção, elétrica e hidráulica, a Combatente provou que, mais do que enfrentar os preços dos concorrentes, para ser lembrado um negócio precisa, sobretudo, ser líder na prática da boa convivência.

Leia Mais →

Maneco: reflexo de um negociante sem igual

Dotado de uma versatilidade sem precedentes, foi como feirante que o empreendedor Manoel da Costa Frias Sobrinho aprendeu a arte do cálculo. O matemático também, mas principalmente aquele que diz respeito ao lucro que vem a partir da aceitação de riscos que o tornaram, aos 40 anos de idade, um dos mais respeitados comerciantes da cidade.

Leia Mais →

Lanchonete Freddy: sucesso de audiência

A juventude petropolitana não vivia na Idade da Pedra, mas ainda assim foi capaz de identificar semelhanças entre a cidade fictícia de Bedrock e Petrópolis. Se na primeira havia Fred, dos Flintstones; na segunda pairava a expectativa de que uma lanchonete chamada Flins abrisse. Na mesma calçada existiriam, então, Freddy, Flins e Toni’s.

Leia Mais →

Casa Nova: a loja que lançou e virou moda

A intenção era estar nas alturas, e assim o fez. Piloto do próprio negócio, o senhor Tito Fiani constatou que a visão mais bela é aquela obtida de cima. Tendo transcendido os horizontes do conhecido, alçou altos voos e prosperou com a Casa Nova, sinônimo de inovação para cada nova geração.

Leia Mais →

Casa Reis: onde as frutas e amizades reinaram

Impregnado, o perfume exalado pelas frutas indicava o amadurecimento, ora das mercadorias, ora da freguesia que, nos expositores da Casa Reis, escolhia frutos revestidos por saudosas recordações. No lugar dos frascos, há muito consumidos, aromas cuja essência invade memórias e, na alma, escreve histórias.

Leia Mais →

Dando a volta ao mundo na Casa Copacabana

Os viajantes não saíam do chão, mas ainda assim davam uma volta ao mundo. Ora num bistrô francês, numa cantina italiana ou num café inglês, era com base nos cardápios da Casa Copacabana que a clientela definia seus destinos. Com o passaporte carimbado, o passageiro saía de lá convicto de que não demoraria a retornar.

Leia Mais →

Petrópolis Sob Lentes & Desenvolvido por Nerd Etcetera