Carolina Freitas

Autor: Carolina Freitas (Página 1 de 11)

Leiteria Central e o legado perpetuado por dona Mazza

Tempo e sorvete escorrem pelas mãos. Com densidades diferentes, alguns fatores levam a crer, contudo, que, tanto num caso, quanto no outro, é a naturalidade com que o processo é conduzido que determina sua consistência. Suaves, sem perder a solidez, eram tempo e sorvete dentro da Leiteria Central.

Leia Mais →

Lanchonete Freddy: sucesso de audiência

A juventude petropolitana não vivia na Idade da Pedra, mas ainda assim foi capaz de identificar semelhanças entre a cidade fictícia de Bedrock e Petrópolis. Se na primeira havia Fred, dos Flintstones; na segunda pairava a expectativa de que uma lanchonete chamada Flins abrisse. Na mesma calçada existiriam, então, Freddy, Flins e Toni’s.

Leia Mais →

Ultralar e o casamento de ideias

Usado na definição daquilo que vai além, foi no emprego do prefixo ultra que, mais do que um complexo de lojas, a Ultralar se tornou uma rede de histórias. São relatos com diferentes épocas de pano de fundo, mas que, sobretudo, se completam e reafirmam a ideia de que, mais do que gás, o grupo Ultra forneceu energia às vidas dos clientes.

Leia Mais →

Elas estão de volta! Fundador do Mick’s Burger retoma produção de tortas doces em Petrópolis

Seu gosto pelas receitas açucaradas já se mostrava presente lá atrás, na implementação das fatias de abacaxi nos sanduíches do Mick’s Burger. Fundador da referida lanchonete e do ‘Chalé do Chocolate’, o empreendedor Gilberto de Paula Araújo agora traz de volta as tortas que fizeram a alegria da juventude petropolitana nos anos 80 e 90. A produção das iguarias acontece na Padaria Alemã, espaço recentemente aberto por ele no Bingen.

Leia Mais →

Casa Matriz: abrangente na fachada e na memória

Detentora de uma ampla fachada, foi a Casa Matriz também abrangente no quesito memória. Merecedora do título pelo qual foi nomeada se tornou, acima de tudo, lembrada por seu caráter manancial; próprio da loja que representou a origem de laços empregatícios, familiares e, principalmente, afetivos.

Leia Mais →

Sucesso nos anos 90, pizza a metro do Restaurante Barbaridade retorna a Petrópolis

Praticamente duas décadas depois de encerradas as atividades da Pizzaria Barbaridade, na Mosela, a história do negócio fundado pelos primos Bruno Duarte Ferreira e Altamir Cailleaux Filho se prepara para ganhar um novo capítulo. Quem o escreve é o filho de Altamir e também empreendedor Rodnei Cailleaux, de 44 anos, que irá resgatar o conceito de pizza a metro no Burguer Club: espaço do qual é proprietário no Bingen.

Leia Mais →

Simone Modas: habitada e simbolizada pela vida

Foi na figura de uma criança que surgiu a inspiração da família Rabello para dar nome à loja. Tão pequena, mas tão habitada por vida, coube à menina de dois anos simbolizar a infinidade de caminhos que poderiam ser seguidos a partir da abertura do negócio que, a exemplo de Simone, já trilhava seu rumo, por mais novo que fosse.

Leia Mais →

Penafiel: prato cheio para a fome e a alma

Cozido, feijoada, dobradinha, leitão assado, coelho ensopado. Parâmetro máximo de qualidade nos chamados ‘pratos pesados’, era o Penafiel, contudo, prato cheio para quem – apostando na fome como melhor tempero – almejava a leveza da alma. Afinal, até mais do que as lendárias receitas, foi o restaurante peça fundamental na construção de caráter.

Leia Mais →

Stop Light: a loja de parar o trânsito

Ainda que aconselhados a parar, os clientes da Stop Light desconsideravam o alerta e avançavam. Guiados pelos letreiros que ditavam o percurso, livravam-se dos obstáculos que pudessem prejudicar o fluxo; recorriam ao crediário e às remarcações; abriam caminho para a marca que, ‘bem transada’, foi registrada no vestuário e no pensamento.

Leia Mais →

Ao Regador e o dom de disseminar a vida

Ao dominar a arte da funilaria, mal sabiam os Pfeiffer que, até mais do que o negócio que haviam criado, ‘ao regador’ denominaria a forma com que a família irrigava os canteiros pelos quais passava. Nas ferragens ou em qualquer que fosse o terreno, era deles o dom de fazê-lo propício para o desenvolvimento da vida.

Leia Mais →

Página 1 de 11

Petrópolis Sob Lentes & Desenvolvido por Nerd Etcetera